2 de junho de 2011

O que você pode fazer para salvar o planeta

Eu confesso que nem sempre me comporto da maneira mais ecologicamente responsável. Mas acredito que reconhecer isto seja o primeiro passo para a mudança. Ao ignorar assuntos ambientais, você está deixando de cuidar da sua própria vida. A sua qualidade de vida e a preservação do meio ambiente estão diretamente relacionados. Informe-se e faça a sua parte. Você vai ver que, com pequenas atitudes, poderá construir um mundo muito melhor.
Algumas dicas simples (mas que podem fazer a difereça)para você usar no seu dia-a-dia:


Use sacolas recicláveis
Dica: utilizando sacola retornável, você poupa recursos naturais e energia que seriam gastos para a fabricação de sacolas de papel ou de plástico. Hoje, no mundo, a produção anual de sacolas plásticas gira em torno de um trilhão. No Brasil, é de aproximadamente 12 a 18 bilhões de unidades por ano. Por mais que se produzam sacolas com tempo de degradação menor, a reutilização é, sem dúvida, a melhor opção. Utilize sacola retornável. A propósito, você já tem uma?

Dê preferência a produtos com embalagens recicláveis ou com refil
Dica: quanto menos lixo você produzir, melhor. Quanto mais desse lixo você conseguir reciclar, melhor ainda. Repense, reaproveite, recicle.

Evite consumismo exagerado
Dica: o consumo exagerado aumenta o uso dos recursos naturais e a destruição de habitats. Seja consciente. Assim, você colabora com o bem-estar das atuais e futuras gerações.

Gaste menos tempo no banho
Dica: um banho de 15 minutos consome cerca de 135 litros de água. Um de 5 minutos, apenas 45 litros. Uma torneira pingando pode gastar 2.068 litros de água em 24 horas. Banhos rápidos, torneira fechada ao ensaboar louças e consertos de vazamentos ajudam a conservar a água, um recurso essencial à vida.

Faça o descarte seletivo do seu lixo
Dica: deposite seu lixo nos locais adequados. Assim, você contribui para diminuir os “lixões” ou aterros sanitários. Lembre-se: lixo é o material considerado inútil, supérfluo, sem valor, mas parte dele pode ter utilidade.

Não jogue óleo de fritura na pia
Dica: quando o óleo de cozinha é descartado na pia, ele pode se espalhar na superfície de rios e lagos, prejudicando as espécies que vivem nesses ambientes. Evitar isso é simples: armazene o óleo em um recipiente de vidro ou garrafa pet para entregá-lo na coleta de lixo ou em postos especializados.

Opte por produtos com selo de consumo de energia
Dica: quando for comprar um fogão, geladeira ou qualquer eletrodoméstico, procure sempre pelo selo de eficiência energética. Além de beneficiar o meio ambiente, você economiza na conta, no final do mês.

Ao se afastar do seu computador, desligue o monitor
Dica: desligue o monitor no horário de almoço. E, no fim do expediente, todos os aparelhos, inclusive fotocopiadoras, impressoras, scanner etc. Em casa, o último a dormir desliga não apenas a luz, mas todos os eletrônicos.

Reduza o desperdício de energia em sua casa
Dica: o sistema de stand by é responsável por cerca de 7,5% do consumo de energia dos aparelhos eletrônicos. Então, olha a dica: não usou, desligou!

Imprima somente o indispensável
Dica: avalie se realmente é preciso imprimir, mesmo que com papel reciclado. Use sempre os dois lados da folha. Prefira a agenda para pequenas anotações.

Economize combustível do seu veículo
Dica: com atitudes simples, você pode usar menos combustível. O tamanho e a potência do veículo não são os únicos fatores importantes. Pneus calibrados e motor regulado também influenciam muito. Motoristas tranquilos são seguros no trânsito e mais ecoeficientes.

Fique atento aos temas ambientais
Dica: sua qualidade de vida e a preservação do meio ambiente estão diretamente relacionados. Ter consciência disso é o primeiro passo. Converse sobre o tema e faça a sua parte. Com as informações certas, você pode contribuir para um futuro bom para todos.