14 de fevereiro de 2012

Sobre o Carnaval, sacanagem, hipocrisia e falso moralismo


A blogueira Letícia Fernandez publicou um texto bem interessante sobre carnaval e hipocrisia. Seguem alguns trechos. O link para o texto completo está no fim deste post.

“Afinal, o que é o carnaval? (...) Para a maioria, a grande desculpa para beber até cair, andar seminu e beijar quantas bocas acharem pelo caminho. E ver muita, muita mulher pelada na televisão e nos desfiles de escola de samba.
Durante uma semana temos passe livre para a esbórnia, a putaria, a suruba. Se todo mundo acha isso tão normal, por qual razão não agimos assim no resto do ano?
(...)
Mas, no fundo, é isso que todo mundo quer. Transar com várias pessoas. Transar todos os dias do feriado. Ficar muito doido e trepar, trepar e trepar. Nada contra. Pelo contrário. Só fico encafifada porque acham isso tão errado no resto do ano.
Por que precisam de desculpas momescas para cair na orgia? Ou, pelo menos, para achar a orgia normal? Durante uma semana podemos fazer o que quisermos com nossos corpos e não chocar ninguém, mas nas demais 51 semanas do ano temos de ser pudicos?
Pois eu sou a favor de 366 dias de muita sacanagem, muitos corpos nus e nenhum falso moralismo. Está de camisinha? É consensual? Então vamos nessa. Nem todo carnaval precisa ter seu fim.”

Trecho do texto “Carnaval, a festa da hipocrisia”, escrito por Letícia Fernandez e publicado no Blog Cem Homens, em 14/02/2012.