28 de fevereiro de 2011

Reflexão: As rebeliões fazem parte da história da humanidade

Encontrei hoje um velho caderno de capa amarela no qual eu costumava anotar pensamentos, poemas e frases que me chamavam a atenção. O caderno tem o ano de 2003 estampado na capa. Era uma época em que eu não tinha condições de comprar um computador, então registrava tudo em papel (hoje acho que nem sei mais se consigo escrever algumas páginas de texto usando uma caneta sem sentir alguma dor nos dedos, rsrs).
De qualquer forma, o objetivo deste post é transcrever um dos textos do velho caderno de capa amarela. É um texto que fala de rebeliões, de como elas sempre estiveram presentes na história da humanidade. É um pequeno texto que vem a calhar com o presente momento em que presenciamos insurreições populares no norte da África contra governos ditatoriais que outrora se julgavam 'imbatíveis', porém, a realidade mostrou que a força do povo é maior.
Não tenho a fonte. Segue o texto:


"As rebeliões sempre fizeram parte da história da humanidade, ou de qualquer lugar onde houvesse um mínimo de civilização. Seja por causa de divergência ideológica ou inadequação ao sistema vigente, a revolução sempre foi o meio mais utilizado para provocar alterações radicais, sobretudo num cenário político ou social. O desejo de mudança faz parte da alma do ser humano. A rebelião e a revolta são as armas mortais dos descontentes. E a anarquia - a total ausência de governo, diretrizes e hierarquias - seu instrumento de trabalho.”